Deputados pressionam Lira sobre PEC que barra militares em cargos civis

Projeto já tem assinaturas para tramitar na Câmara em agosto

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Deputados afirmam que é prioridade pressionar o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), para a aprovação de Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que impede militares de ocuparem cargos políticos. As informações são da âncora da CNN Daniela Lima.

O entendimento é que a atual quantidade de militares em posições estratégicas na Esplanada dos Ministérios pode ser um risco ao regime democrático.

No mês passado, os deputados conseguiram o número de assinaturas necessário para colocar a PEC em tramitação, mas o texto precisa ter o aval de Lira para passar e ter sua admissibilidade aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Diversos parlamentares, tanto de direita, como de centro e oposição ao governo de Jair Bolsonaro (sem partido), dizem que, agora, o momento é de pressionar Lira para que o texto possa ser aprovado ainda neste ano, mesmo que passe a valer em 2022.

Pessoas que já conversaram com o presidente da Câmara sobre o assunto afirmam que Lira não fará oposição em debater o tema.

Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados, em Brasília
Foto: Flickr/Vismar Ravagnani

(publicado por Fernanda Colavitti)

Mais Recentes da CNN