Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Dois ex-ministros de Bolsonaro vão receber salário de R$ 39,3 mil por seis meses

    Marcelo Queiroga e Paulo Sérgio Nogueira terão direito ao salário por seis meses a contar de janeiro

    Leonardo Ribbeiroda CNN

    em Brasília

    A Comissão de Ética Pública da Presidência da República aprovou, nesta terça-feira (14), a concessão de benefício de R$ 39,3 mil mensais a dois ex-ministros do governo Bolsonaro.

    Marcelo Queiroga, que esteve à frente do Ministério da Saúde, e Paulo Sérgio Nogueira, ex-ministro da Defesa, terão direito ao salário por seis meses a contar de janeiro.

    Ambos informaram à Comissão de Ética que receberam proposta de emprego após deixarem os cargos, mas tiveram que negar por configurar conflito de interesse.

    A vedação está prevista na chamada “lei da quarentena”. Agentes públicos de alto escalão, após deixarem o cargo, precisam respeitar o prazo de seis meses para exercer função correlata na iniciativa privada.