Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Dois Lados: deputados debatem os desafios de Lula depois dos 100 dias de gestão

    Os deputados federais Ivan Valente (PSOL-SP) e Evair de Melo (PP-ES) destacam pontos favoráveis e desfavoráveis do governo petista até agora

    Bárbara BrambilaCarol Raciunasda CNN

    O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) completou 100 dias na segunda-feira (10) em meio a falas polêmicas, ataques golpistas, viagens, busca por apoio de base e elaboração de medidas como aumento do salário mínimo e o novo arcabouço fiscal.

    No CNN Dois Lados, os deputados federais Ivan Valente (PSOL-SP) e Evair de Melo (PP-ES) destacam pontos favoráveis e desfavoráveis do governo petista até agora.

    Valente considera que a troca de governos entre Jair Bolsonaro (PL) e Lula é uma questão entre “civilização e barbárie”.

    “Tivemos 4 anos de destruição da vida, com 700 mil mortes, negação da vacina e máscara, destruição do meio ambiente e da estrutura de fiscalização, incentivo ao garimpo, ao tráfico de madeira, etc. Destruição da educação – agora estamos revogando essa reforma do ensino médio que é um desastre completo”, afirmou Valente.

    O deputado Evair de Melo critica o atual governo, que “faz uma tomada da máquina pública brasileira com esse inchaço de ministérios”. “[A criação de ministérios] foi para alojar a ‘companheirada’ de gente que nem se conhecia, sem um projeto de estado”, disse o deputado.

    “Tivemos um candidato [Lula] que se orgulhava durante a campanha dizendo que não tinha programa de governo porque isso ele ia resolver depois. A consequência chegou porque, por uma combinação de fatores, ele chega à presidência da república completamente desatualizado, um homem desinformado num tempo diferente dos atuais”, criticou Melo.

    (Publicado por Gustavo Zanfer)