Eleitores de três cidades vão às urnas neste domingo para escolher prefeito

Após candidaturas dos mais votados em 2020 serem indeferidas, eleitores precisam voltar às urnas hoje

Foto: Reprodução/CNN

Leonardo Guimarães,

da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Eleitores de três municípios brasileiros vão às urnas neste domingo (4) para os chefes do Executivo de suas cidades. São Gonçalo do Sapucaí, em Minas Gerais, e as cidades gaúchas de Pinheiro Machado e Putinga vão conhecer seus prefeitos hoje. 

Nos três casos, as eleições suplementares acontecem porque os candidatos mais votados em 2020 tiveram seus registros de candidatura indeferidos pela justiça eleitoral.

A votação acontece entre 7h e 17h deste domingo. 

Em São Gonçalo do Sapucaí, os eleitores vão escolher entre duas chapas: a de Brian Mendes (PSL), com Sandro Marcelo Santos (PROS) de vice e a de Teresinha Allerand (PSB) com Fernanda Aparecida Moreira (PATRIOTA) como vice.

Em Pinheiro Machado, concorrem ao cargo de prefeito Danubio Fernando Vaz Perez (PDT) e Ronaldo Costa Madruga (Coligação PSB-PP-MDB). 

Já em Putinga, participam do pleito os candidatos Fernando Gonçalves dos Santos (PSD) e Paulo Lima (PP).  

É obrigatório o uso de máscaras em todos os locais de votação, conforme determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

O município de Itajá, em Goiás, também teria eleições complementares neste domingo, mas o Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu o pleito e determinou Renis Cesar de Oliveira (DEM) seja empossado como prefeito. 

O TSE havia anulado a votação de 2020 por entender que o prefeito eleito iria para o terceiro mandato seguido. É que Renis foi eleito vice-prefeito de Itajá em 2012 para exercer o cargo até 2016. Entre abril e maio de 2016, ele exerceu o cargo de prefeito. Naquele ano, ele foi eleito prefeito da cidade e exerceu o cargo de 2017 a 2020. 

Outras 22 cidades ainda terão eleições suplementares em 2021. A maioria dessas eleições (19) acontece no dia 1º de agosto. 

Mais Recentes da CNN