Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Em feira do MST, Paulo Teixeira anuncia programa de reforma agrária e critica Campos Neto

    Ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Paulo Teixeira participou da feira promovida pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) no sábado (13)

    Da CNN

    O ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Paulo Teixeira, participou da feira promovida pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), no sábado (13), e afirmou que um programa de reforma agrária será divulgado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ainda neste mês.

    Em seu discurso, ele também criticou o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, pela alta taxa de juros.

    “O presidente Lula voltou e, agora em maio, vai anunciar um programa de reforma agrária. A reforma agrária vai voltar para o Brasil!”, disse Teixeira. “Distribuir terra, recuperar terras que sejam improdutivas e destiná-las à reforma agrária, com crédito, com assistência técnica, e com a formação de cooperativas e agroindústria.”

    O ministro também disse que a taxa de juros do Banco Central brasileiro era o “maior juros da face da terra”.

    “Se quiserem descobrir um homem que está criando uma balbúrdia, uma baderna nesse país, e levando muitos brasileiros à extrema pobreza e à miséria, eles vão achar o Roberto Campos Neto“, falou, citando o presidente do BC.

    Organizada pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), a Feira Nacional da Reforma Agrária começou na sexta-feira (12), no Parque da Água Branca, região oeste de São Paulo.

    O evento expõe a relação de proximidade entre o governo Lula e o movimento. Outros ministros e o vice-presidente, Geraldo Alckmin (PSB), também participaram da feira.

    *Publicado por Fernanda Pinotti