Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Em mensagem ao Congresso, Lula deve defender diálogo entre poderes e retomada de políticas sociais

    Presidente também deve ressaltar importância de programas sociais que diminuam desigualdades sociais

    Presidente também esboçou prioridade em transição ecológica e proteção à democracia
    Presidente também esboçou prioridade em transição ecológica e proteção à democracia 20/12/2023REUTERS/Adriano Machado

    Gustavo Uribeda CNN Brasília

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva não deve comparecer à abertura do ano legislativo, marcada para o dia 05 de fevereiro. O petista, no entanto, enviará uma mensagem aos parlamentares.

    O texto ainda não foi concluído, mas, segundo relatos feitos à CNN, o presidente já fechou as diretrizes principais do documento.

    O petista deve defender que o diálogo entre os três poderes se aprofunde neste ano. O recado vem após 2023 ter sido marcado por uma queda de braço entre o Legislativo e o Judiciário, com a discussão de propostas que limitam a atuação da Suprema Corte.

    Além disso, deve salientar a necessidade de retomar programas sociais que diminuam a desigualdade no país, o que inclui aumentar o alcance do “Bolsa Família”, por exemplo.

    O presidente também tem a intenção de incluir em sua mensagem a defesa de uma pauta econômica que potencialize o crescimento econômico.

    Lula já manifestou a um grupo de aliados preocupação de que o PIB (Produto Interno Bruto) tenha um desempenho inferior a 2%.

    O presidente também esboçou como prioridades políticas de transição ecológica e medidas de proteção à democracia.

    Lula já informou ao presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, intenção de se reunir com ele no início de fevereiro, para discutirem a pauta da Casa Legislativa.

    Além disso, o presidente quer tentar chegar a um acordo sobre a tramitação das propostas da desoneração de setores da economia.