Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Em posse como ministro, Alckmin promete lealdade e dedicação a Lula

    O vice-presidente e ministro disse, nesta quarta-feira (4), que seu compromisso com Lula, com seu governo e com o país "é inabalável"

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e, ao fundo, o vice Geraldo Alckmin (PSB)
    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e, ao fundo, o vice Geraldo Alckmin (PSB) Matheus W Alves/Futura Press/Estadão Conteúdo

    Fernanda Pinottida CNN

    em São Paulo

    O vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) reforçou sua lealdade ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante seu discurso ao assumir como ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços nesta quarta-feira (4).

    “Saiba que o senhor terá de mim não apenas a lealdade de um ministro que se soma à de um vice, mas minha dedicação integral em prol de uma agenda que contribua para reverter os resultados inaceitáveis que nossa economia vem acumulando nos últimos anos”, disse Alckmin, no final de sua fala.

    O vice também acrescentou que Lula poderia confiar a ele sempre “a primeira e mais árdua missão”.

    “É inabalável o meu compromisso com o senhor, com o seu governo e com nosso país. Que venham dias de crescimento e justiça social.”