Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleições 2022

    Em vídeo pró-Lula, Joaquim Barbosa critica Bolsonaro e defende democracia

    Ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), que está aposentado, decidiu declarar apoio a Lula depois de ser procurado por Geraldo Alckmin (PSB), vice na chapa do petista

    O ex-ministro do STF Joaquim Barbosa
    O ex-ministro do STF Joaquim Barbosa Fellipe Sampaio/STF

    Basília Rodriguesda CNN em Brasília

    Em uma série de vídeos que o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa gravou em apoio à eleição de Lula à Presidência da República, ele afirma que falta grandes líderes no mundo. Ele também defende a democracia, diz que tem confiança no processo eleitoral brasileira e critica Bolsonaro.

    O apoio do ex-relator do mensalão a Lula era um dos mais esperados pela campanha nesta reta final.

    De acordo com fontes da CNN Brasil que tiveram acesso ao material, Barbosa gravou doze pequenos vídeos que serão editados. Ele aparece falando sentado, em seu apartamento em Paris, onde passa uma temporada.

    O ministro, que está aposentado, decidiu declarar apoio a Lula depois de ser procurado por Geraldo Alckmin (PSB), vice na chapa do petista.

    O material foi encaminhado a pessoas próximas de Barbosa no PSB, partido em que ele esteve filiado entre 2018 e 2022.

    Nas últimas eleições, Joaquim Barbosa ensaiou a possibilidade de se candidatar ao Planalto, o que não se confirmou.

    Apesar de recentes manifestações críticas ao presidente Jair Bolsonaro (PL), o ex-relator do mensalão ainda não havia se posicionado favoravelmente a nenhum candidato.

    Durante a campanha, Barbosa foi procurado por outros presidenciáveis, como Ciro Gomes e Sergio Moro, mas seu apoio até o momento era incerto.