Flávia Arruda grava programa do PL para convencer mulheres a votar em Bolsonaro

Plano inicial do PL seria para que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, gravasse a inserção, mas ela recusou

Ex-ministra-chefe da Secretaria de Governo Flávia Arruda
Ex-ministra-chefe da Secretaria de Governo Flávia Arruda Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Carolina Brígido

Ouvir notícia

A ex-ministra da Secretaria de Governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) Flávia Arruda deve estrelar a inserção do PL que deve ir ao ar no próximo sábado (11).

A intenção, segundo fontes ouvidas pela CNN, é romper a resistência do eleitorado feminino a Bolsonaro. Flávia aceitou na hora o convite e o filmete já foi gravado. A ex-ministra foi escolhida por reunir qualidades positivas: é bonita, bem-sucedida, bem articulada e passa a ideia de uma mulher poderosa, segundo a apuração.

O plano inicial do PL, de acordo com o relato de dirigentes do partido à CNN em caráter reservado, era que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, gravasse a inserção, mas ela recusou.

A campanha tem planos de convencê-la a estrelar os próximos filmetes. A avaliação é de que Michelle precisa participar mais da campanha também por passar a imagem de mulher decidida, com o adendo de ter origem humilde.

Os dirigentes da campanha, não teriam desistido de Michelle. Eles acreditam que a primeira-dama vai mudar de ideia e gravar outras inserções até a eleição de outubro.

A CNN perguntou à assessoria de imprensa da Presidência da República o motivo de Michelle não ter aceitado o convite, mas ainda não obteve resposta. O PL ainda não respondeu à reportagem.

Mais Recentes da CNN