Governadores do Nordeste pedem processo disciplinar contra sub-procuradora geral

Lindora Araújo é alvo de medida após encaminhar ofício pedindo explicações sobre gastos com pandemia

Fernando Molicada CNN

Ouvir notícia

Os nove governadores dos estados do Nordeste protocolaram, na Corregedoria do Conselho Nacional do Ministério Público, reclamação disciplinar contra a subprocuradora-Geral da República, Lindora Maria Araújo.  Eles pedem a abertura de processo disciplinar contra ela e seu afastamento do Gabinete Integrado de Acompanhamento da Epidemia do Coronavírus19.

Semana passada, Lindora enviou ofício a todos os governadores do país requisitando dados complementares sobre a a aplicação de verbas federais no combate à pandemia do novo coronavírus e detalhes sobre a construção e desativação de hospitais de campanha.

Entre outras críticas, os autores da reclamação afirmam que a sub-procuradora lançou suspeitas genéricas sobre todos os governadores.  

Segundo os autores da reclamação, Lindora exteriorizou “convicção prévia sobre a culpabilidade dos Chefes do Executivo estaduais quanto ao mau uso de recursos federais repassados ao Estado-membro no combate à pandemia em curso, responsabilizando-os expressamente por danos ao erário e mesmo por perda de vidas humanas, o que é realmente inaudito”.

O documento é assinado pelos governadores de Piauí, Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe.

Procurada, a assessoria da Procuradoria-Geral da República informou que não vai se manifestar.

A subprocuradora-geral da República Lindôra Maria Araújo
A subprocuradora-geral da República Lindora Maria Araújo
Foto: Gil Ferreira/ Agência CNJ (27.jun.2013)

Mais Recentes da CNN