Governadores se manifestam sobre meio milhão de mortes por Covid-19 no Brasil

Marca foi atingida no país neste sábado (19), e políticos comentaram o assunto nas redes sociais

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Vários governadores se manifestaram sobre a marca de meio milhão de mortes por Covid-19 atingida pelo Brasil neste sábado (19).

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), foi às redes sociais se pronunciar. “500 mil mortes. Quantas vidas mais serão sacrificadas pelo negacionismo e perda de tempo? O Brasil chegou à triste marca de 500 mil mortos por Covid-19. Meio milhão de famílias devastadas. É a mais triste marca da história do nosso país”, iniciou.

“Um sentimento de vazio e indignação invade meu coração. É inadmissível perdermos pessoas para um vírus, sabendo que já havia uma vacina. Morreram pelo descaso. A frase que mais escuto ao conversar com alguém que perdeu um familiar para a Covid é: “não deu tempo dele tomar a vacina…” isso é revoltante! Tem gente que pode até negar que a vacina é a solução. Temos pressa. O Brasil tem pressa”, diz Doria.

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), também comentou o assunto. “Minha solidariedade às famílias das mais de 500 mil vidas perdidas na pandemia. Que as profundas feridas deste momento sejam transformadas em força e coragem para nosso povo superar toda dor e lutar para ter de volta o nosso Brasil, justo e solidário. Nenhum mal dura para sempre!”, escreveu.

Governador de São Paulo, Joao Doria (PSDB), em coletiva de imprensa
O governador de São Paulo, Joao Doria (PSDB) (31-052021)
Foto: Reprodução / CNN

Flávio Dino (PCdoB), do Maranhão, disse que decretou luto oficial de três dias no estado “Em face da enorme tragédia representada por 500 mil mortes por coronavírus no Brasil. Todas as vidas são sagradas, e o mal não pode ser banalizado. Minha solidariedade às famílias brasileiras”, postou.

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), foi outro a usar as redes neste sábado para falar sobre o assunto. “Minha solidariedade a cada uma das famílias dos 500 mil brasileiros mortos pela Covid-19. Estamos vivendo uma grande batalha contra esse vírus. A vacina é nossa esperança, e seguirei firme para imunizarmos toda a população do Rio de Janeiro”.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, também se manifestou. “500 mil vidas perdidas pela pandemia que afeta o nosso Brasil e todo o mundo. Trabalho incansavelmente para vacinar todos os brasileiros no menor tempo possível e mudar esse cenário que nos assola há mais de um ano.
Presto minha solidariedade a cada pai, mãe, amigos e parente que perderam seus entes queridos“.

Mais Recentes da CNN