Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Governo nomeia ex-chanceler de Dilma para ser embaixador do Clima

    Cargo que será ocupado pelo diplomata Luiz Alberto Figueiredo Machado havia sido extinto há 13 anos

    Palácio do Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores
    Palácio do Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

    Leonardo Ribbeiroda CNN

    em Brasília

    O Ministério das Relações Exteriores anunciou, nesta sexta-feira (17), por meio de nota, que o diplomata Luiz Alberto Figueiredo Machado será o embaixador extraordinário para Mudança do Clima. O cargo havia sido extinto há 13 anos.

    Ex-chanceler no governo de Dilma Rousseff, Figueiredo vai coordenar as propostas de candidatura do Brasil para sediar a 30ª Conferência das Partes (COP 30), em 2025.

    Diplomata de carreira desde 1980, o embaixador Luiz Alberto Figueiredo Machado foi representante permanente do Brasil junto às Nações Unidas e embaixador brasileiro junto ao Catar, Portugal e Estados Unidos.

    Em sua trajetória em mudança do clima, ocupou as funções de chefe da Divisão de Política Ambiental e Desenvolvimento Sustentável (2002-2004), de diretor do Departamento do Meio Ambiente e Temas Especiais (2005-2011) e de subsecretário-geral de Meio Ambiente, Energia, Ciência e Tecnologia (2011-2013).