Hospital afirma que Bolsonaro passou por avaliação clínica e seguirá internado

Presidente tem quadro de obstrução intestinal e foi transferido de Brasília para São Paulo no fim da tarde desta quarta-feira (14)

Gregory Prudenciano, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O Hospital Vila Nova Star enviou na noite desta quarta-feira (14) uma nota à imprensa afirmando que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) seguirá internado para “tratamento clínico conservador”, sem explicar exatamente no que consiste tal tratamento.

Segundo a nota, assinada pelo médico Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo e sua equipe médica, o presidente foi diagnosticado com um quadro de “suboclusão intestinal”, isto é, obstrução do intestino. 

Bolsonaro foi internado em Brasília, no Hospital das Forças Armadas (HFA), na madrugada desta quarta-feira, alegando dores abdominais. Em 2018, durante a campanha presidencial, ele sofreu um atentado à faca que causou ferimentos no intestino. 

Após ser diagnosticado e internado em Brasília, o médico de Bolsonaro, Antônio Macedo, decidiu transferir o presidente para São Paulo. No começo da noite, o chefe do Executivo deu entrada no Hospital Vila Nova Star. 

O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia em Brasília
O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia em Brasília
Foto: Adriano Machado/Reuters (19.out.2020)

Leia a nota da íntegra:

“O Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, foi transferido na noite desta quarta-feira para o Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, após passar por uma avaliação no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, e ser diagnosticado com um quadro de suboclusão intestinal. Após avaliações clínica, laboratoriais e de imagem realizadas, o Presidente permanecerá internado inicialmente em tratamento clínico conservador.”

Mais Recentes da CNN