Joice Hasselmann diz que inicialmente suspeitou que mal-estar causou lesões

Deputada falou que a hipótese de queda foi descartada após verificar a gravidade dos ferimentos

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Após prestar depoimento para a Polícia Legislativa sobre um incidente sem lembranças em sua casa, a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) falou com a imprensa no Congresso Nacional. Com o rosto cheio de ferimentos, a parlamentar disse que inicialmente achou que tinha tido algum tipo de acidente vascular, mas que só depois de ver cortes no rosto percebeu se tratar de algo mais sério.

“Fui internada no ano passado com um princípio de infarto que acabou não se concretizando. Achei que o acidente tivesse algo a ver com isso e eu acabei caindo e batendo o nariz. quando estava me limpando vimos o corte profundo no queixo e percebemos que não foi uma queda”, disse a deputada.

Questionada sobre se tinha algum funcionário em seu apartamento naquele dia, Joice disse que não costuma ter funcionários a acompanhando a noite, mas que conta agora  com dois seguranças noturnos dentro de seu apartamento funcional. Ela também disse que exigiu a colocação de câmeras de segurança em todas as entradas do prédio.

 

“Raramente funcionários passam a noite no meu apartamento. Depois do acontecido tenho dois funcionários passando a noite, inclusive um armado. Os seguranças do departamento de polícia me escoltam em todo lugar desde que começaram as ameaças de morte, mas a escolta é no deslocamento, não ficam no apartamento”, disse a deputada.

“Solicitei câmeras de segurança em todas as entradas do apartamento. É inadmissível que um prédio público não tenha esses equipamentos sob o pretexto de garantir a privacidade dos parlamentares. Todos tem que saber quem entra e sai de imoveis públicos.”

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) conversou com a imprensa
A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) conversou com a imprensa após sofrer agressão (23.jul.2021)
Foto: Reprodução / CNN

Publicado por Evandro Furoni

Mais Recentes da CNN