Lira e Pacheco acentuam isolamento de Bolsonaro

Presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado se encontraram nesta terça-feira (17)

Bárbara Baião, da CNN, em Brasília

Ouvir notícia

Os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado, Arthur Lira (PP-PA) e Rodrigo Pacheco (DEM-MG), respectivamente, já esclareceram que não vão embarcar na postura conflitiva do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). Ambos se reuniram nesta terça-feira (17) com o ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira.

Lira afirmou a jornalistas após o encontro que é preciso ter “um pouco de autocontenção para que não atrapalhemos o Brasil em uma hora de retomada de crescimento”. “O Brasil tem muitas pautas importantes como essas que estamos começando a discutir ainda para esse ano”, completou.

Já Pacheco declarou que não é recomendável no momento uma discussão sobre impeachment dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso ou do próprio Bolsonaro. O chefe do Executivo chegou a afirmar que levaria ao Senado o processo contra os membros da Corte. 

O isolamento do presidente da República também se agravou nas últimas horas devido ao esforço de partidos para adiar a indicação de nomes que interessam ao Palácio do Planalto, como o do advogado André Mendonça ao STF. Senadores não querem sequer pautar o assunto pelos próximos meses. 

Rodrigo Pacheco, Arthur Lira e Jair Bolsonaro
Rodrigo Pacheco, Arthur Lira e Jair Bolsonaro
Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

(Publicado por Daniel Fernandes)

Mais Recentes da CNN