Lira pediu para depoimento de Ricardo Barros virar convite

O depoimento do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, mudou de convocação para convite, após pedido do presidente da Câmara

Deputado Ricardo Barros (PP-PR)
Deputado Ricardo Barros (PP-PR) Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Basília Rodriguesda CNN

Ouvir notícia

 O depoimento do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, mudou de convocação para convite, após pedido do presidente da Câmara, Arthur Lira à cúpula da comissão.

Procurado pela CNN, Lira afirmou que será dado o mesmo tratamento usado no depoimento do deputado federal Osmar Terra, em que o chamamento à CPI, para falar sobre um suposto gabinete paralelo, também virou convite.

O depoimento de Ricardo Barros está marcado para esta quinta-feira.

Pela convocação, o depoente é obrigado a ir. Já a forma de convite é vista de maneira menos antipática pela classe política. A intenção é criar menos constrangimentos para Barros, já que ele tem dito que vai colaborar com as investigações.

Na avaliação de integrantes da CPI, a mudança de convocação para convite inibe também que Barros recorra à justiça para permanecer calado.

De acordo com os irmãos Miranda, a denúncia de irregularidade na compra de vacinas da Covaxin teria sido tratada como o “rolo” de Barros pelo presidente Jair Bolsonaro. Barros nega envolvimento em esquemas de corrupção.

Mais Recentes da CNN