Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lula defende mudança na tabela do imposto de renda em 2024, dizem aliados

    Presidente fará reunião com equipe ministerial em janeiro para fechar prioridades legislativas para o próximo ano

    Presidente Luiz Inácio Lula da Silva
    Presidente Luiz Inácio Lula da Silva Marcelo Camargo/Agência Brasil

    Gustavo Uribe

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer que o governo federal elenque como uma das prioridades legislativas para o próximo ano a mudança na tabela do imposto de renda, dizem seus interlocutores.

    Na campanha eleitoral, o petista prometeu que, em seu terceiro mandato, aumentará a atual faixa de isenção para a pessoa física de R$ 2.640 para R$ 5 mil.

    O petista quer que o tema seja levado adiante pelo Congresso Nacional em 2024, mesmo que a reforma tributária sobre a renda não tenha êxito.

    Em janeiro, o presidente promoverá uma reunião com o núcleo político da Esplanada dos Ministérios para selecionar assuntos prioritários.

    A ideia é que o compilado das propostas seja organizado em um documento que será entregue à cúpula do Congresso Nacional na volta dos trabalhos, em fevereiro.

    A compilação deve incluir a regulamentação da reforma tributária sobre o consumo e projetos de lei que avançam em uma reforma administrativa.

    O presidente já avisou à Câmara dos Deputados que não concorda com a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) apresentada por Jair Bolsonaro.

    A ideia é apresentar dois projetos de lei: um sobre o fim dos supersalários e o outro sobre a reestruturação das carreiras públicas.

    Lula já informou que pontos como a criação de um estágio probatório e o afastamento por desempenho não serão implementados por sua gestão.

    A avaliação da articulação política do governo é de que, mesmo diante da pressão pela aprovação de uma reforma administrativa, só haverá clima político para a proposta em 2025.

    O ano de 2024 é de disputa municipal e há receio de que uma reforma impopular possa impactar em candidaturas a prefeito.