Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lula diz que queda em popularidade não incomoda: “Sei o que estamos fazendo”

    Declaração foi dada durante café com jornalistas, nesta terça-feira (23), em Brasília

    Presidente Luiz Inácio Lula da Silva
    Presidente Luiz Inácio Lula da Silva TON MOLINA/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

    Basília RodriguesLeonardo RibbeiroVictor Aguiarda CNN

    Brasília

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que não se incomoda com os números de pesquisas que têm apontado queda na popularidade do governo. A declaração foi dada durante café com jornalistas, nesta terça-feira (23), em Brasília.

    “Não me incomoda. Sei o que estamos fazendo, porque estamos plantando. Se a gente plantou a semente certa, sabemos o que vamos colher”, afirmou.

    Lula também disse que não esqueceu das promessas de campanha, sobretudo no que diz respeito a baixar o preço dos alimentos.

    “Pensa que eu esqueci da cervejinha e da picanha? Não esqueci. Ainda falo até hoje que o preço da carne já baixou, e muito, mas tem que baixar mais”, completou.

    O presidente voltou a dizer que todos “ficarão surpresos” com os números da economia em 2024.

    “A economia em 2024 vaio crescer mais do que todos os analistas falaram até agora. Vai crescer porque as coisas estão acontecendo no Brasil”, afirmou.

    Na segunda-feira (22), o presidente já havia falado sobre o assunto, no evento que lançou o programa Acredita — voltado para oferta de crédito imobiliário e para micro e pequenas empresas.