Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lula fala a investidores em reunião fechada antes de jantar da Fiesp

    Presidente falou sobre estabilidade institucional e alinhamento dos poderes, dizem fontes. Investidores perguntaram sobre infraestrutura e medidas de sustentabilidade

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participou de reunião fechada em Nova York
    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participou de reunião fechada em Nova York 07/09/2023REUTERS/Ueslei Marcelino

    Tainá Falcãoda CNN

    Brasília

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participou de uma reunião fechada com investidores, em Nova York, nos Estados Unidos, promovido pelo presidente da Fiesp, Josué Gomes, que posteriormente, realizou um jantar para o mandatário.

    Segundo relatos feitos à CNN, no encontro, ao lado do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), Lula se preocupou em passar o recado de alinhamento entre os poderes, estabilidade institucional e união por pautas de interesse do país. O ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), também estava presente.

    VÍDEO – Lula se reúne com empresários em jantar em Nova York e negocia encontro com Zelensky

    Aliados de Lula revelaram que a recepção foi positiva e que os investidores saíram “animados” da reunião. Eles puderam fazer perguntas ao presidente, que respondeu, principalmente, sobre sustentabilidade, transição energética e infraestrutura.

    Por mais de uma vez, investidores opinaram que o Brasil pode ser um líder global de investimentos verdes.

    Lula, segundo relatos, alertou para mudanças climáticas e para prejuízos que atingem mais pobres.

    As desigualdades sociais e a preocupação com a questões ligadas ao clima estarão no discurso do presidente na abertura da Assembleia-Geral da ONU, nesta terça-feira (19).

    Após o encontro, o presidente Lula foi recebido em um jantar promovido pela Fiesp com 130 pessoas e 22 investidores — a exemplo de Aitor Jaregui (BlackRock), Bruce Flatt (Brookfield), Jane Fraser (Citibank) e Abdulrahman Bakir (MISA).

    Além de Haddad, Lira e Pacheco, o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas, cotado para assumir a próxima vaga do Supremo Tribunal Federal (STF), também estava no jantar.