Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lula planeja maratona de inaugurações até abril

    O objetivo é reforçar discurso de reconstrução do país para evento em comemoração aos 100 primeiros dias da gestão petista

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT)
    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) Valter Campanato/Agência Brasil

    Gustavo Uribeda CNN

    Brasília

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva planeja uma maratona de entregas de obras públicas até abril, quando a nova gestão completa seus primeiros cem dias.

    A agenda de viagens tem sido estruturada pela Casa Civil e tem como intenção a presença do petista no lançamento de uma obra pública em pelo menos um estado de cada uma das cinco regiões do país.

    O primeiro destino deve ser o Nordeste, onde o presidente irá inaugurar, na Bahia, conjunto habitacional do programa federal “Minha Casa, Minha Vida”.

    Na sequência, pelo que tem sido planejado pelo Palácio do Planalto, Lula deve viajar ao Sudeste, Norte, Sul e, por fim, Centro-Oeste.

    Em reunião com governadores, no final de janeiro, Lula pediu que cada estado apresentasse três obras prioritárias para que o governo federal ajudasse em seu financiamento.

    Segundo dados do TCU (Tribunal de Contas da União), o país apresenta 38,5% de obras públicas paralisadas, o que corresponde a um montante de R$ 27,2 bilhões.

    O objetivo do governo petista é tentar fazer, em evento dos primeiros 100 dias da nova gestão, um contraponto aos quatro anos de Jair Bolsonaro, com um discurso de reaquecimento da economia brasileira.