Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleições 2022

    Lula só confirmou presença em posse no TSE após ser avisado que não está prevista fala de Bolsonaro

    Segundo fontes próximas a Lula, candidato petista tinha receio de que Jair Bolsonaro (PL) usasse o espaço para tecer críticas contra ele

    Thais Arbexda CNN

    A confirmação da presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na posse do ministro Alexandre de Moraes na presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta terça-feira (16), só aconteceu depois que aliados de Lula se certificaram de que a cerimônia não prevê discurso do presidente Jair Bolsonaro (PL).

    Segundo relatos feitos à CNN, Lula havia externado preocupação com o fato de Bolsonaro poder usar, eventualmente, sua fala no TSE para criticar o petista.

    Aliados do ex-presidente decidiram, então, fazer uma espécie de check-list do roteiro do evento com o próprio tribunal para garantir a presença do petista e sem risco de constrangimento.

    As informações passadas a aliados de Lula pelo TSE foram a de que a cerimônia deve durar cerca de uma hora e meia e apenas quatro falas estão previstas: além da de Alexandre de Moraes, a do ministro Mauro Campbell, corregedor-geral do TSE, a de Augusto Aras, procurador-geral da República, e a de Beto Simonetti, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

    Debate

    As emissoras CNN e SBT, o jornal O Estado de S. Paulo, a revista Veja, o portal Terra e a rádio NovaBrasilFM formaram um pool para realizar o debate entre os candidatos à Presidência da República, que acontecerá no dia 24 de setembro.

    O debate será transmitido ao vivo pela CNN na TV e por nossas plataformas digitais.

    Galeria: Confira as fotos dos candidatos à Presidência que serão exibidas nas urnas