Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Marco Antonio Villa: Gastos no cartão corporativo são “tapa na cara”

    Ele analisou, nesta terça-feira (14), a notícias dos gastos no cartão corporativo do ex-vice-presidente Hamilton Mourão; Villa também comentou sobre Banco Central, Lula e a política de desarmamento

    CNN Brasil

    O comentarista da CNN Marco Antonio Villa analisou, nesta terça-feira (14), a notícia dos gastos no cartão corporativo do ex-vice-presidente Hamilton Mourão.

    Na última segunda (13), foi divulgado que o ex-vice-presidente da República e agora senador Hamilton Mourão (Republicanos-RS) gastou R$ 3,8 milhões com o cartão corporativo ao longo dos quatros anos de mandato. Para Villa, os gastos são um “tapa na cara”.

    “Se a gente for discutir esse assunto de maneira séria, é uma coisa escandalosa [os gastos com o cartão corporativo por Mourão e Bolsonaro], é um tapa na cara de todos os brasileiros. 33 milhões de pessoas passam fome e 110 milhões têm insegurança alimentar. O recurso público é público. Portanto, cabe um pente fino nesses gastos. Eu não acredito que uma padaria vendeu, em algumas horas, 1.024 lanches. Isso não existe. É muito estranho os gastos do Bolsonaro, e em dinheiro vivo, o que é pior, e agora do Mourão”, disse.

    Confira o comentário completo sobre esse tema no vídeo acima. Marco Antonio Villa é comentarista durante o CNN Novo Dia, de segunda a sexta-feira.

    No programa de hoje, ele também comentou sobre as falas do presidente do Banco Central, Roberto Campo Neto, sobre o discurso do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em evento do partido, além da política do desarmamento. Confira abaixo:

    Marco Antonio Villa: Não dá para o país crescer com essa taxa de juros

    Marco Antonio Villa: Lula precisa mostrar que faz diferente e melhor que Bolsonaro

    Marco Antonio Villa: Não interessa a ninguém que cada um tenha revólver