Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Mauro Vieira conversa com chanceler da Venezuela e presidente da Guiana

    Chanceler recebeu uma ligação do venezuelano e "mais ouviu do que falou"

    Daniel Rittnerda CNN

    Brasília

    O ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, conversou, na quarta-feira (6), por telefone com o chanceler da Venezuela, Yvan Gil, sobre o aumento das tensões com a Guiana.

    Segundo relatos feitos à CNN, Vieira recebeu uma ligação do venezuelano e “mais ouviu do que falou”. O telefonema ainda não era de conhecimento público.

    Na véspera, o chanceler brasileiro também havia conversado com o presidente da Guiana, Irfaan Ali. Em entrevista à CNN, Ali disse ter recebido apoio do colega Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas discussões sobre a região do Essequibo, reivindicada pela Venezuela.

    Nesta quinta-feira (7), os países do Mercosul — mais Chile, Colômbia, Equador e Peru — divulgaram comunicado conjunto em que manifestam “profunda preocupação” com o acirramento das tensões entre Venezuela e Guiana.

    “A América Latina deve ser um território de paz e, no presente caso, trabalhar com todas as ferramentas de sua longa tradição de diálogo”, diz o comunicado.

    “Nesse contexto, [os países] alertam sobre ações unilaterais que devem ser evitadas, pois adicionam tensão, e instam ambas as partes ao diálogo e à busca de uma solução pacífica da controvérsia, a fim de evitar ações e iniciativas unilaterais que possam agravá-la”.

    Tópicos

    Tópicos