Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Moraes quer que PF elabore laudo após Roberto Jefferson dizer que tem recebido visitas

    Em áudio, o pedetista estaria supostamente passando orientações a dirigentes do PTB

    Roberto Jefferson foi preso no dia 13 de agosto, por decisão de Moraes, e é acusado de participar de uma suposta milícia digital que promove ataques às instituições democráticas.
    Roberto Jefferson foi preso no dia 13 de agosto, por decisão de Moraes, e é acusado de participar de uma suposta milícia digital que promove ataques às instituições democráticas. Estadão Conteúdo

    Gabriela Coelhoda CNN

    em Brasília

    Ouvir notícia

    O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, determinou que a Polícia Federal, no prazo de cinco dias, elabore laudo acerca do vídeo contendo áudio por meio do qual Roberto Jefferson afirma estar recebendo visitas e passa orientações a dirigentes do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).

    O ministro também intimou a defesa do ex-parlamentar para prestar esclarecimentos em 24 horas.

    Segundo informações, o pré-candidato à Presidência do PTB teria enviado áudios nesta semana em que passa orientações ao diretório estadual do Rio Grande do Sul e diz ter recebido correligionários em sua casa.

    Em 1º de agosto, o PTB aprovou a candidatura do ex-deputado federal à Presidência da República, durante a convenção nacional do partido. Jefferson está em prisão domiciliar desde janeiro de 2022 por, segundo o Supremo Tribunal Federal (STF), estar envolvido com a atuação de uma milícia digital que atenta contra a democracia.

    Debate

    As emissoras CNN e SBT, o jornal O Estado de S. Paulo, a revista Veja, o portal Terra e a rádio NovaBrasilFM formaram um pool para realizar o debate entre os candidatos à Presidência da República, que acontecerá no dia 24 de setembro.

    O debate será transmitido ao vivo pela CNN na TV e por nossas plataformas digitais.

    Mais Recentes da CNN