Moro cita ministros em depoimento à PF

A expectativa é a de que esses ministros sejam ouvidos antes mesmo de Bolsonaro no inquérito conduzido no STF

Caio Junqueirada CNN

Ouvir notícia

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro envolveu outros ministros de estado do governo Jair Bolsonaro em seu depoimento de mais de oito horas à Polícia Federal neste sábado (2).

A expectativa é a de que esses ministros sejam ouvidos antes mesmo de Bolsonaro no inquérito conduzido pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Celso de Mello.

O ex-ministro falou no âmbito do inquérito aberto pela Procuradoria-Geral da República (PGR) para apurar os supostos crimes levantados por Moro. As acusações envolvem, principalmente, a alegação de que há uma interferência política, por parte do presidente, na Polícia Federal em prol de benefício próprio. 

O ministro Celso de Mello é o relator do inquérito.

Leia e assista também:

Bolsonaro chama Moro de Judas e questiona atuação na investigação da facada

Após ser chamado de Judas, Moro diz: ‘Há lealdades maiores do que as pessoais’

Sergio Moro depõe por mais de 8 horas e apresenta novas provas

Mais Recentes da CNN