Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleições 2022

    “Não me oponho a abdicar da candidatura”, diz Janones no Twitter

    O candidato apagou um tuíte em que falava sobre a tendência de ser “candidato até o final”

    Da CNN

    O candidato do Avante à Presidência, André Janones, admitiu nesta sexta-feira (29) que pode desistir da disputa. No Twitter, ele afirmou que “não se opõe” à ideia.

    Desde quinta-feira (28), Janones tem acenado a Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no Twitter. Ele confirmou que deve se reunir com o petista na próxima semana, como antecipado pela CNN.

    O candidato do Avante afirmou que a conversa com o petista não representa a retirada da candidatura, mas disse que pode abdicar de concorrer se o plano de governo “com chances de vitória” englobe propostas que ele considera importantes para o país.

    “Tem gente com fome, desesperada com os rumos do país. Eu sempre estive aberto a conversas. Sei o meu tamanho nessa eleição e não sou nenhum lunático. Um convite pra uma conversa não sela a retirada de uma candidatura, tudo segue absolutamente normal, sou candidato. Caso o plano de governo com chances de vitória venha encapar essas propostas que a mim são caras, entendo que, caso eu seja surpreendido positivamente, eu não me oponho a abdicar da minha candidatura.”
    Janones afirma que, enquanto isso, continua como candidato.

    Minutos antes da publicação, o candidato havia dito na rede social que “a tendência” era de que ele continuasse “candidato até o final”. O post foi apagado.

    “Será que desaprendemos a fazer política sem esse pragmatismo que faz tão mal pro país? Não quero cargos nem ministérios. Quero que minhas propostas sejam encampadas por quem tem mais chances, mas acho isso improvável. Por isso, a tendência é que eu continue candidato até o final!”

    Na sequência, Janones fez uma nova postagem com mesmo conteúdo, sem o trecho que fala sobre ser candidato “até o final”.

    Debate
    As emissoras CNN e SBT, o jornal O Estado de S. Paulo, a revista Veja, o portal Terra e a rádio NovaBrasilFM formaram um pool para realizar o debate entre os candidatos à Presidência da República, que acontecerá no dia 24 de setembro.

    O debate será transmitido ao vivo pela CNN na TV e por nossas plataformas digitais.