Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    ‘Não vai ser com mentiras ou CPI que vão nos tirar daqui’, diz Bolsonaro

    Em discurso, presidente voltou a criticar nesta quarta-feira (30) os trabalhos da CPI da Pandemia no Senado

    Rafaela Lara, da CNN, em São Paulo

    Ouvir notícia

     O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a criticar nesta quarta-feira (30) os trabalhos da CPI da Pandemia. Em discurso durante evento no Mato Grosso do Sul, Bolsonaro não citou diretamente o suposto pedido de propina na compra de vacinas revelado pelo jornal Folha de S. Paulo.

    “Não conseguem nos atingir. Não vai ser com mentiras ou CPI, integrada por sete bandidos que vão nos tirar daqui”, disse o presidente, se referindo ao grupo chamado de G7, formado por senadores independentes e de oposição ao governo.

    “Temos a missão de conduzir o destino da nação e zelar pelo bem-estar e progresso do nosso povo.”

    No mesmo discurso, o presidente anunciou uma nova “motociata” em Manaus, no Amazonas, nos dias 16 e 17 de julho.

    “É uma satisfação, orgulho e honra estar entre vocês”, disse aos presentes na cerimônia de inauguração de estação de monitoramento aéreo de fronteira.

    “Só tenho paz e tranquilidade porque sei que, além do povo, tenho as Forças Armadas comprometidas com a democracia e nossa liberdade”, completou o presidente.

    Bolsonaro afirmou ainda que o poder legislativo “tem nos dado grande apoio às propostas que temos apresentado para o bem do nosso Brasil”.

    Veja mais notícias do Brasil e do mundo na CNN.

    Presidente Jair Bolsonaro
    Presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar a CPI nesta quarta-feira (30)
    Foto: Isac Nóbrega/Presidência da República/Divulgação

     

    Mais Recentes da CNN