Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Novo marco fiscal deve ser divulgado nesta semana, dizem interlocutores de Lula

    Presidente havia adiado o anúncio para depois de sua viagem, mas agora sem China no roteiro, a pressão pelo novo arcabouço fiscal só cresce

    Walterson Rosa/MS

    Basília Rodriguesda CNN Brasília

    O cancelamento da viagem do presidente Lula à China pode antecipar para esta semana a apresentação da nova regra fiscal, avaliam interlocutores da Presidência.

    Para integrantes da equipe econômica, ouvidos neste domingo (26) pela CNN, “dessa semana não passa” e, agora, “depende de Lula” marcar a data exata para a divulgação da proposta.

    Lula não deixará de cumprir agenda oficial, apesar do diagnóstico de pneumonia. Pelo menos, nos primeiros dias desta semana, o presidente fará reuniões, em Brasília, no Palácio da Alvorada, residência oficial da presidência da República. Ele já esteve com o ministro de relações institucionais, Alexandre Padilha.

    Indo na contramão de quem faz mistério sobre o que de fato há na proposta, o vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, revelou na semana passada se tratar de uma combinação da curva da dívida, do superávit e controle de gasto.

    Uma versão do texto da nova regra fiscal já foi apresentada às principais lideranças políticas. O presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco, por exemplo, sugeriu que a proposta, que limitará o gasto público, não deixe de levar em consideração o nível de investimentos no país.