Oposição pede ao TCU investigação sobre realização do Enem

Requerimento pede ainda afastamento do presidente do Inep

Mathias Broteroda CNN

em Brasília

Ouvir notícia

A oposição enviou um requerimento ao Tribunal de Contas da União (TCU) nesta terça-feira (16) para que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) seja investigado. Os políticos se reuniram com a ministra Ana Arraes, presidente da corte.

Na reunião por videoconferência, o grupo afirmou que iria protocolar um documento de auditoria do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação da prova, das denúncias realizadas pelos funcionários nas últimas semanas.

Vários servidores pediram demissão coletiva de seus cargos em resposta ao que classificaram de “má gestão” do órgão ligado ao Ministério da Educação.

Além disso, os parlamentares também pediram o afastamento cautelar do presidente do Inep, Danilo Dupas, que já chegou a prestar esclarecimentos na Câmara dos Deputados na última semana.

Em entrevista à CNN, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou que “não houve interferência no Enem”. Segundo ele, as polêmicas sobre o exame, que será realizado nos próximos dias 21 e 28, não passam de “ruídos pré-Enem”.

Mais Recentes da CNN