Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “País vive radicalização, não polarização”, diz Temer

    Ex-presidente afirmou que radicalização está relacionada à violência, diferentemente da polarização, e citou xingamentos recebidos por ele e ministros do Supremo em Nova York

    Da CNN

    O ex-presidente Michel Temer (MDB) afirmou nesta segunda-feira (14) que o país vive a “radicalização, não a polarização”. Para Temer, a radicalização está relacionada à violência, diferentemente da polarização.

    “Ao meu modo de ver, a polarização está muito mais ligada à ideia de embate de ideias do que o que aconteceu no país. O que aconteceu foi radicalização. Porque a polarização é útil, ela significa o embate de ideias. A radicalização importa na violência, muitas vezes física, verbal, como temos assistido em todos os momentos”, disse o ex-presidente.

    Temer discursava no Lide Brazil Conference, evento organizado por empresários em Nova York. No domingo (13), manifestantes hostilizaram o ex-presidente e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) que estavam na cidade para participar do evento. Em sua fala, ele lamentou o ocorrido.

    Nas imagens divulgadas nas redes sociais, manifestantes gritam e xingam os magistrados quando eles saem do hotel pela porta principal para entrar em uma van, estacionada logo em frente. Temer foi hostilizado quando entrava no hotel.

    *Publicado por Daniel Reis