Perícia da PF conclui transcrição do vídeo da reunião ministerial

Peritos vão analisar agora se vídeo sofreu alguma edição e se ele é autêntico. O trabalho deve ser concluído até o fim da semana

Reunião ministerial de 22 de abril
Reunião ministerial de 22 de abril Foto: Marcos Corrêa/PR

Daniel Adjutoda CNN

Ouvir notícia

Peritos da Polícia Federal concluíram a transcrição do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril no Palácio do Planalto. O laudo já foi entregue à equipe que conduz a investigação junto ao STF (Supremo Tribunal Federal). O trabalho durou uma semana.

Em manifestação enviada ao STF, o procurador-geral da República, Augusto Aras, foi contra a degravação do vídeo, que considerou “inconveniente” pela “marcha acelerada” que o ministro Celso de Mello imprimiu à investigação.

“Eventual divulgação das transcrições, ainda que involuntária, por esses motivos, pode acirrar desnecessariamente a disputa de versões entre os investigados, contribuindo para a politização da investigação, afastando dela o perfil exclusivamente técnico”, escreveu Augusto Aras.

Leia também:

Diretor da PF cita delegado do Rio como ‘próximo’ dos filhos de Bolsonaro

MPF do Rio quer ouvir Marinho presencialmente em investigação sobre vazamento

O trabalho da perícia continua. Os peritos vão analisar agora se o vídeo sofreu alguma edição em seu conteúdo e se ele é autêntico. A expectativa é que o trabalho seja concluído até o fim da semana.

O pedido de perícia na gravação foi feito pela própria Polícia Federal e autorizada pelo ministro Celso de Mello do Supremo Tribunal Federal no último dia 11.

Mais Recentes da CNN