Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    PF prende prende empresário que convocou atiradores para participarem de atos antidemocráticos

    Prisão ocorreu em acampamento montado em frente ao QG do Exército em Brasília; ordem partiu do ministro Alexandre de Moraes

    O empresário Milton Baldin convoca atiradores para protestos em Brasília.
    O empresário Milton Baldin convoca atiradores para protestos em Brasília. Reprodução

    Leonardo Ribbeiroda CNN

    Brasília

    A Polícia Federal (PF), numa viatura descaracterizada, prendeu o empresário Milton Baldin na noite desta terça-feira (7), no acampamento em frente ao Quartel-General do Exército, em Brasília. A ordem de prisão partiu do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes.

    Baldin foi levado para Superintendência da PF para prestar depoimento. No documento que deu origem a prisão, ele é apontado como responsável por instigar “grupos armados para protestarem na capital federal”.

    “Queria pedir aos CACs, os atiradores que têm armas legais: hoje nós somos, inclusive, eu, 900 mil. Venham aqui mostrar presença para nós”, disse o empresário numa gravação que circula na internet.

    O relatório da polícia encaminhado ao STF afirma ainda que Milton Baldin, morador do interior do Mato Grosso, convocou caminhoneiros para participarem de atos golpistas.

    Segundo as investigações, Milton Baldrin tem circulado entre movimentos antidemocráticos na porta de quartéis das Forças Armadas desde o resultado das eleições, em 30 de outubro.

    A CNN tenta contato com a defesa do empresário para esclarecimentos sobre o caso