Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    PF vai à Câmara para cumprir mandado de Moraes contra Daniel Silveira

    Informações são da analista de política da CNN Thais Arbex; deputado federal Daniel Silveira passou a noite na Casa para evitar que fosse colocada uma tornozeleira eletrônica nele

    Ingrid Oliveirada CNN

    A Polícia Federal (PF) foi à Câmara dos Deputados no fim da tarde desta quarta-feira (30) com o ofício para pedir autorização para cumprir a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, que determinou a colocação de uma tornozeleira eletrônica no deputado Daniel Silveira (União-RJ. As informações são exclusivas da analista de política da CNN Thais Arbex.

    A PF entende que precisa ter autorização do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) para entrar e cumprir a determinação. O delegado Victor Cesar Carvalho dos Santos, superintendente da PF no Distrito Federal, foi o responsável por ir ao local.

    Silveira passou a noite na Câmara para tentar evitar que a ordem fosse cumprida.

    Mais cedo, o presidente do STF, Luiz Fux, sinalizou a integrantes da Suprema Corte que iria marcar para abril o julgamento da ação penal contra Silveira.

    Inicialmente, o ministro havia definido que o julgamento ficaria para maio, mas os demais ministros defenderam ao presidente que ele seja antecipado diante da postura do parlamentar.