Guerra na Ucrânia impacta economia no Brasil, e governo é pressionado a mudar tom

Conflito mobiliza atenções dos principais líderes globais; diplomatas se esforçam para reduzir impacto negativo da visita de Bolsonaro à Rússia

Daniela LimaIuri PittaMarcelo Tuvucada CNN

Ouvir notícia

Numa das maiores operações militares na Europa desde a Segunda Guerra Mundial, a  invasão da Rússia à Ucrânia mergulhou a Europa em uma crise. O conflito mobiliza atenções dos principais líderes globais e causa implicações para o Brasil.

Em um primeiro momento, representantes do setor agropecuário já vislumbram custos para a safra – o Brasil depende de fertilizantes russos, e a reação internacional à guerra levou a sanções que proíbem o país de negociar em dólar, euro, iene e libra. A Ucrânia, cuja terra é conhecida por sua fertilidade, também é muito importante para o agronegócio.

Outra questão que afeta a economia mundial – e, consequentemente, a brasileira – é a possibilidade de uma alta da inflação e no preço dos combustíveis. Mas não só. O presidente Jair Bolsonaro (PL) foi criticado até por governistas por ter pisado em solo russo dias antes da invasão, e ter dito ser solidário à Rússia.

Diplomatas do Itamaraty se esforçam para reduzir o impacto negativo da visita e das declarações de Bolsonaro durante a viagem a Moscou.

Neste episódio do Horário de Brasília, Daniela Lima e Iuri Pitta também lembram a recente queda do dólar no Brasil, nos dias que antecederam a invasão russa, e a tendência de que a moeda volte a subir após o início da operação militar na Ucrânia.

A dupla detalha o conflito, suas implicações para o Brasil e analisa também uma nova pesquisa sobre a corrida eleitoral para o Palácio do Planalto.

Além do quadro da disputa pela Presidência, o levantamento realizado pelo Ipespe aponta dados novos sobre a rejeição e o potencial de voto dos pré-candidatos, além de indicar o nível de apoio e confiança dos brasileiros em relação à democracia.

Apresentado por Daniela Lima e Renata Agostini, que estará de volta na semana que vem, o Horário de Brasília é transmitido ao vivo e com vídeo no site da CNN Brasil e no canal da emissora no YouTube, às sextas-feiras, a partir de 12h30. Depois, os episódios podem ser acessados on demand nas principais plataformas de podcast: Apple Podcasts, Spotify, Amazon Podcasts e Deezer.

Confira também os outros podcasts da CNN Brasil, e inscreva-se no canal no YouTube.

Debate

A CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por todas as plataformas digitais.

Mais Recentes da CNN