Cúpula do Judiciário se une para conter ataques de Bolsonaro

Integrantes das principais cortes do país entendem que é preciso um 'freio de arrumação' em resposta a acusações sem prova; confira no Horário de Brasília

Da CNN, em São Paulo *

Ouvir notícia

As recentes medidas do Supremo Tribunal Federal (STF) que preveem investigações contra o presidente Jair Bolsonaro por seus ataques contra a Justiça Eleitoral sinalizam um movimento de união das principais cortes do país, segundo integrantes da cúpula do Judiciário.

Membros do STF, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do Superior Tribunal de Justiça (STJ) dizem, nos bastidores, que há um consenso de que é preciso dar “um freio de arrumação” e conter as acusações de Bolsonaro contra autoridades judiciais e o próprio sistema eleitoral com base em dados sem nenhuma comprovação.

A reação de Bolsonaro à derrota da proposta do voto impresso na Câmara dos Deputados, colocando em dúvida a credibilidade das eleições do ano que vem, e o movimento do Supremo de abrir um novo inquérito contra o presidente, por vazamento de dados sigilosos de investigação da Justiça Eleitoral, foram um dos principais temas do último episódio desta temporada do Horário de Brasília, que foi ao ar nesta sexta-feira (13).

Na quinta (12), o ministro Alexandre de Moraes, do STF, acolheu a notícia-crime apresentada pelo TSE contra Bolsonaro. Com isso, o presidente passa a responder na Justiça pela divulgação nas redes sociais de um inquérito sigiloso pedido pela corte eleitoral para apurar uma invasão nos sistemas do tribunal.

Ao reagir à informação de que será alvo de mais uma investigação, Bolsonaro afirmou, em live transmitida na noite de quinta, que “crime é esse inquérito não ir para frente”, em uma referência à investigação sobre a invasão aos computadores do TSE.

Apresentado por Daniela Lima e Renata Agostini, a temporada do podcast Horário de Brasília foi transmitida ao vivo e com vídeo no site da CNN Brasil e no canal da emissora no YouTube. Os episódios também podem ser acessados on demand nas principais plataformas de podcast: Apple Podcasts, Spotify, Amazon Podcasts e Deezer.

Inscreva-se no canal da CNN Brasil no YouTube, e assista abaixo à transmissão do episódio desta sexta-feira (13).

Conheça os podcasts da CNN Brasil:

E Tem Mais

Abertura de Mercado

Horário de Brasília

CNN Mundo

Alma do Negócio

Entre Vozes

5 Fatos

Na Palma da Mari

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

Horário de Brasília ao vivo, com Daniela Lima e Renata Agostini
Horário de Brasília, com Daniela Lima e Renata Agostini, chega ao fim de mais uma temporada
Foto: CNN Brasil

* Texto publicado por Diego Toledo

Mais Recentes da CNN