Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleições 2022

    “Pode haver alteração nos números amanhã devido à abstenção”, diz especialista

    À CNN, Antonio Lavareda diz que, historicamente, não houve alteração entre as pesquisas anunciadas na véspera e os resultados das eleições

    Anna Gabriela CostaThiago Félixda CNN

    em São Paulo

    O cientista político e presidente do Conselho Científico do Ipespe, Antonio Lavareda, disse, em entrevista à CNN neste sábado (29), que o resultado do segundo turno pode sofrer alterações em relação aos resultados das pesquisas eleitorais devido à abstenção maior ou menor dos eleitores.

    “Pode  haver uma alteração amanhã? Pode, em função de uma maior ou menor abstenção, como sempre temos lembrado desde o primeiro dia após o primeiro turno. Divulguei uma nota técnica na noite da segunda-feira mostrando que as pesquisas estavam certas, tinham estimado adequadamente, salvo o caso de o ex-presidente Lula ter sido o maior prejudicado por causa da abstenção”, disse.

    Entretanto, o cientista político reitera que,”historicamente” nunca houve mudanças entre as pesquisas dos principais institutos anunciadas na véspera e os resultados das eleições.

    “Historicamente, não houve nenhuma alteração entre as pesquisas dos principais institutos anunciados na véspera e os resultados do dia seguinte”, afirmou Lavareda.

    “Houve variação de no máximo um ponto percentual para mais ou para menos, o que no caso dos dois institutos [Datafolha e Ipec], ainda assim conferiria uma vitória para o ex-presidente Lula. Acredito, em síntese, que a eleição de amanhã, essas pesquisam sinalizam quem sera o primeiro colocado”, afirma o entrevistado.

    Veja a íntegra da entrevista no vídeo acima.