Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleições 2022

    Posse de Moraes no TSE deve ter encontro de adversários políticos

    Além de Lula e Bolsonaro, ex-presidentes Dilma e Temer, que se afastaram desde o impeachment de 2016, já confirmaram presença

    Thais ArbexGustavo Uribeda CNN

    A posse do ministro Alexandre de Moraes na presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta terça-feira (16), deve marcar o primeiro encontro entre o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na disputa eleitoral deste ano. O evento também deverá ter o reencontro de Michel Temer (MDB) e Dilma Rousseff (PT), que se tornaram adversários.

    Integrantes da campanha de Lula disseram à CNN que o petista pretende desembarcar em Brasília para participar da cerimônia que também vai dar posse ao ministro Ricardo Lewandowski na vice-presidência do TSE.

    Segundo apuração da âncora da CNN Daniela Lima, o tribunal foi informado de que Lula vai comparecer à posse de Moraes.

     

    Bolsonaro sinalizou a Moraes em encontro na semana passada que deve comparecer, o que o levou a antecipar viagem a Juiz de Fora (MG), no primeiro dia oficial da campanha eleitoral.

    Com a expectativa das presenças de Lula e Bolsonaro, a posse de Moraes no TSE deve reunir seis presidentes. Pessoas à frente da organização da cerimônia disseram à CNN que confirmaram presença José Sarney (MDB), Fernando Collor (PTB), Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB).

    De acordo com relatos feitos à CNN, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso não deve comparecer por questões de saúde, mas deve mandar uma carta.

    Dilma e Temer são considerados adversários políticos desde o impeachment de 2016, quando o emedebista substituiu a petista no comando do Palácio do Planalto.

    Segundo aliados da petista, Moraes teria telefonado a Dilma para confirmar o convite. A ex-presidente avalia ser necessário marcar presença em um momento em que as urnas eletrônicas têm sido criticadas.

    O envio de convites a mandatários do Palácio do Planalto para a posse de um presidente da Justiça Eleitoral costuma ser praxe.

    Até o início da manhã desta segunda-feira (15), 23 dos 27 governadores confirmaram presença, além de 49 embaixadores. Como mostrou a CNN, o gabinete de Moraes convidou, ao todo, 2.000 pessoas.

    Debate

    As emissoras CNN e SBT, o jornal O Estado de S. Paulo, a revista Veja, o portal Terra e a rádio NovaBrasilFM formaram um pool para realizar o debate entre os candidatos à Presidência da República, que acontecerá no dia 24 de setembro.

    O debate será transmitido ao vivo pela CNN na TV e por nossas plataformas digitais.