Pré-campanha de Simone Tebet aposta em prioridade ao social

Senadora do MDB ganha apoio de prefeitos para afastar dúvidas sobre candidatura

Iuri Pittada CNN

São Paulo

Ouvir notícia

Pré-candidata do MDB à Presidência, a senadora Simone Tebet (MS) vai dar prioridade às pautas sociais e a políticas públicas como educação, habitação e meio ambiente antes de focar no debate de questões macroeconômicas. As viagens da pré-campanha pelo país estão previstas para ter início em fevereiro, logo após uma nova passagem por São Paulo, para bater martelo na estratégia de campanha.

A senadora passou esta semana na capital paulista, quando se confirmaram a contratação do marqueteiro Felipe Soutello, que foi responsável pelo vídeo de lançamento da pré-candidatura, em novembro, e a coordenação de campanha sob responsabilidade do presidente nacional do MDB, deputado Baleia Rossi (SP).

A escolha de Baleia como coordenador da pré-campanha é um gesto para afastar dúvidas sobre o lançamento do nome da senadora. A própria Simone reconhece esse “preconceito” pelo passado do partido, conhecido pelas divisões regionais e heterogeneidade, mas observa que outros pré-candidatos também enfrentam divisões ou questionamentos em suas legendas.

Nesta sexta-feira (14), a pré-candidata ganhou apoio público de dois prefeitos do MDB: Ricardo Nunes, de São Paulo, e Sebastião Melo, de Porto Alegre. Ambos vão atuar tanto na articulação política dentro e fora do partido quanto na formulação de conteúdo e propostas para áreas afeitas às prefeituras, como políticas habitacionais e de mobilidade urbana, além de sustentabilidade e bem-estar social.

“Vamos fazer um forte trabalho para reunir os prefeitos do MDB, debater propostas e apoiar a pré-candidatura da Simone”, disse Nunes. “O MDB é um partido municipalista e o fiador da democracia brasileira. Vamos ajudar com esse conteúdo voltado às cidades, afinal, 86% da população é urbana”, afirmou Melo. Os dois mandatários fizeram uma teleconferência nesta sexta-feira com a senadora e divulgaram um vídeo de apoio à pré-candidatura pelo MDB, obtido em primeira mão pela CNN.

A escolha pela prioridade às políticas públicas é da própria senadora. Simone disse à CNN que sua trajetória como professora universitária explica essa opção. “É da minha essência esse olhar para políticas públicas sociais, meu mestrado tem foco em urbanismo e meio ambiente”, afirmou a pré-candidata. “A desigualdade social no país recai não só sobre questões de gênero, mas também raciais e regionais.”

Mais Recentes da CNN