Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Preço dos alimentos aumentou, dizem 79% dos brasileiros ao Ipec

    64% também disseram acreditar que ficará mais caro custear alimentação nos próximos meses

    Maioria dos entrevistados diz acreditar que preços vão aumentar nos próximos meses
    Maioria dos entrevistados diz acreditar que preços vão aumentar nos próximos meses 11/01/2017REUTERS/Paulo Whitaker

    Da CNN

    Brasília

    Pesquisa do Ipec divulgada neste domingo (21) aponta que 79% dos brasileiros acreditam que o preço dos alimentos aumentou nos últimos meses no país.

    A percepção para outros 9% é de que o valor dos alimentos teve queda. Já 11% acreditam que os preços continuam os mesmos. Não sabem ou não responderam correspondem a 1% dos entrevistados.

    O levantamento ouviu 2000 pessoas entre os dias 4 e 8 de abril em 129 cidades. A margem de erro é de dois pontos percentuais e o nível de confiança, de 95%.

    Os pesquisadores também quiseram saber qual será o cenário para os próximos meses, na avaliação dos entrevistados.

    Para 64%, o preço dos alimentos continuarão a subir. Outros 15% disseram acreditar que os valores vão diminuir. Já 18% acham que ficarão iguais aos de hoje. Não sabem ou não responderam são 3%.

    Combustível

    A pesquisa também fez o questionamento a respeito do custo para abastecer veículos.

    Para 61%, encher o tanque ficou mais caro nos últimos meses. Já 21% responderam que o custo está igual. Outros 11% acham que os combustíveis estão mais baratos. Não responderam ou não sabem são 7%.

    Os dados são parecidos quando os brasileiros são preocupados sobre o futuro. Para 63%, os combustíveis vão ficar mais caros nos próximos meses. Já 10% acreditam na redução. Para 22%, eles ficarão iguais. Não responderam ou não sabem são 5%.

    Contas de consumo

    O Ipec também quis saber como o brasileiro está sentindo no bolso as contas de consumo, como água, luz e gás.

    Praticamente três em cada quatro entrevistados (76%) responderam que, nos últimos meses, as contas subiram. Outros 5% disseram acreditam que os valores estão mais baixos. Outros 18% acham que as contas estão com o mesmo valor. Não sabem ou não responderam são 1%.

    Para os próximos meses, 11% dos entrevistados disseram acreditar que os preços dessas contas vão cair. Já 64% acreditam que contas de água, luz, gás vão aumentar. Não responderam ou não sabem são 4%.