Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Presente na posse de Lewandowski, Collor é esquecido em discursos

    Ex-presidente José Sarney também participou da solenidade; ao contrário de Collor, ele foi citado em todos os discursos

    Plateia na posse do ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski
    Plateia na posse do ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski Reprodução

    Leonardo Ribbeiroda CNN Brasília

    Dois ex-presidentes da República participaram da posse de Ricardo Lewandowski no cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública, nesta quinta-feira (1º).

    José Sarney e Fernando Collor ocuparam a primeira fila de autoridades na plateia, ao lado de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

    Diferentemente de Sarney, que foi citado nos discursos, o nome de Collor não foi lembrado.

    Em maio do ano passado, o ex-presidente foi condenado a oito anos e dez meses de prisão pelo STF.

    Em setembro, a defesa do político entrou com o recurso chamado de “embargos de declaração”, com objetivo de sanar omissões e contradições da decisão e pedindo para que a condenação seja revertida.

    Collor foi condenado à prisão pelo STF pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro em um esquema na BR Distribuidora.

    A punição também envolve pagamento de multa, indenização e proibição para exercer funções públicas.