Presidente da Davati fala à CNN sobre negociação de vacinas com governo; assista

Assista à íntegra da entrevista de Hernan Cardenas a Renata Agostini, analista da CNN

Renata Agostinida CNN

Ouvir notícia

 

 O presidente da Davati, Herman Cardenas, falou, em entrevista à analista da CNN Renata Agostini, sobre as negociações de vacina pela Davati, alvo de investigação pela CPI da Pandemia do Senado.

Cardenas negou a informação dada durante depoimento do reverendo Amilton Gomes de Paula, que disse na CPI da Pandemia que a única oferta enviada ao governo brasileiro foi no valor de US$ 11. Segundo a empresa, a única oferta feita foi de US$ 10.

 

“Nós não sabemos o porquê, e, mais uma vez, reverendo Amilton ou [Luiz Paulo] Dominghetti nunca foram representantes da Davati ou seus produtos e serviços, então não temos nenhum negócio para dialogar com eles e continuar discussões com eles”, disse Cardenas.
“Eu não sei se tinha algo de errado sendo feito, porque eles sabiam, eu esperava que eles soubessem, que eu mandei a proposta diretamente para Elcio Franco pela vacina da Janssen, e o reverendo já sabia também que o preço tinha subido para 17,50, porque ele recebeu o FCO da segunda oferta, que provemos quando a vacina aumentou de preço”, disse o presidente da Davati.

Mais Recentes da CNN