PSDB diz que votos registrados nas prévias “estão válidos e serão computados”

Em nota, partido não definiu retomada da votação, mas disse que uma nova empresa designada para as prévias irá passar por "testes de estresse" das candidaturas

Auditório do Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília (DF), com imagem dos candidatos: Arthur Virgílio, João Doria e Eduardo Leite
Auditório do Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília (DF), com imagem dos candidatos: Arthur Virgílio, João Doria e Eduardo Leite Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Teo CuryGiovanna Galvanida CNN

em Brasília e São Paulo

Ouvir notícia

O PSDB informou nesta terça-feira (23), por meio de nota, que os votos registrados pelos filiados em urna ou no aplicativo antes do sistema apresentar erro estão “válidos e serão computados” na contagem final das prévias do partido, interrompidas no domingo (21) e ainda sem data para serem retomadas.

De acordo com o informe divulgado à imprensa, o partido passou por um “problema técnico” ainda não solucionado pela Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Faurgs), desenvolvedora do aplicativo.

Com isso, uma nova empresa será submetida a “testes de estresse” por todas as candidaturas a fim de dar continuidade às votações internas do partido. “Mais alternativas estão em análise”, acrescentou o partido.

Segundo apuração da CNN, a empresa contratada é a RelataSoft. Se o novo aplicativo for aprovado depois de todos os testes, em até 18 horas, o aplicativo estará pronto para que o partido possa retomar as eleições.

“O fundamental é garantir o voto dos filiados já cadastrados. Os votos já registrados na urna e em aplicativo estão válidos e serão computados”, diz o informe do PSDB.

As prévias presidenciais do PSDB são disputadas entre o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, o governador de São Paulo, João Doria, e o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio. Os três disputam os votos de 44.697 filiados e mandatários inscritos.

*Com informações de Pedro Teixeira, da CNN

Mais Recentes da CNN