Queiroz presta depoimento ao MPF-RJ sobre vazamento de operação da PF

Segundo o empresário Paulo Marinho, suplente do senador Flávio Bolsonaro, um delegado da PF contou ao filho do presidente que Queiroz aparecia em investigação

Fabrício Queiroz deixa IML no Rio de Janeiro
Fabrício Queiroz deixa IML no Rio de Janeiro Foto: Ricardo Moraes - 18.jun.2020/Reuters

Leandro Resende, Gabriela Coelho e Vianey Bentes

Da CNN, no Rio e em Brasília

Ouvir notícia

Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro que está preso em Bangu 9, no Rio, presta depoimento nesta quinta-feira (2) ao Ministério Público Federal (MPF) sobre o suposto vazamento do relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) que integrava as investigações da Operação Furna da Onça e apontava sua movimentação atípica de R$ 1,2 milhão. 

Conforme a CNN apurou, o depoimento será colhido presencialmente no presídio de Bangu pelo procurador da República Eduardo Benones, do Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial do MPF-RJ.

Leia e assista também

Planalto aposta em silêncio de Queiroz no depoimento sobre vazamento de operação

Flávio Bolsonaro quer tirar juiz que prendeu Queiroz de mais uma investigação

Fabrício Queiroz negocia delação premiada com o MP

A investigação foi aberta após entrevista do empresário Paulo Marinho ao jornal Folha de S. Paulo. Segundo ele, que é suplente do senador Flávio Bolsonaro, o filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se beneficiou de informações passadas por um delegado da Polícia Federal, que teria avisado ao político que Queiroz aparecia nas investigações.

CORREÇÃO: Uma versão anterior do título deste texto dizia que Fabrício Queiroz prestaria depoimento ao “MP do Rio”, termo usado geralmente para se referir ao Ministério Público estadual do Rio. Queiroz falará ao Ministério Público Federal no Rio (MPF-RJ). O texto já foi corrigido.

Mais Recentes da CNN