Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Relator entrega parecer favorável à aprovação de Paulo Gonet para PGR

    Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado analisará o relatório no próximo dia 13, dia da sabatina do indicado por Lula

    O subprocurador-geral da República Paulo Gonet durante sessão plenária do STF
    O subprocurador-geral da República Paulo Gonet durante sessão plenária do STF Carlos Moura/SCO/STF - 16.fev.2023

    Caroline Rositoda CNN

    O senador Jaques Wagner (PT-BA), relator da indicação de Paulo Gonet para a Procuradoria-Geral da República (PGR), recomendou a aprovação do subprocurador.

    O relatório foi enviado para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado e deve ser lido nesta quarta-feira (6).

    Em parecer de quatro páginas, Jaques Wagner ressaltou a carreira e o currículo de Paulo Gonet, destacando sua atuação como Subprocurador-Geral da República, desde 2012.

    Segundo o relator, Paulo Gonet “demonstra experiência profissional, formação técnica adequada e afinidade intelectual e moral para o exercício do elevado cargo para o qual foi indicado”.

    Na recomendação, o senador afirma ainda que Gonet tem requisitos suficientes para exercer o cargo de Procurador-Geral da República.

    “Diante do exposto, entendemos que as Senhoras Senadoras e os Senhores Senadores integrantes desta Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, dispõem de elementos suficientes para deliberar sobre a indicação do Senhor Paulo Gustavo Gonet Branco para exercer o cargo de Procurador-Geral da República”, encerra o documento.

    Paulo Gonet foi indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no último dia 27. Se aprovado, ele assumirá a vaga de Augusto Aras, que deixou o cargo em setembro. Desde então, Elizeta Ramos tem comandado a Procuradoria-Geral de forma interina.

    A sabatina na CCJ está marcada para o próximo dia 13. Na sequência, a indicação será analisada no plenário do Senado.