Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Roteiro de Michelle Bolsonaro deve priorizar Sul e Centro-Oeste

    Ideia é que, inicialmente, a ex-primeira-dama foque em regiões mais identificadas com o bolsonarismo na tentativa de fidelizar o eleitor que votou no ex-presidente no ano passado

    Gustavo Uribeda CNN

    em Brasília

    O roteiro de viagem preparado para a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro deve priorizar, em um primeiro momento, regiões do país onde o ex-presidente Jair Bolsonaro obteve maior vantagem sobre Luiz Inácio Lula da Silva na disputa presidencial do ano passado.

    A ideia, segundo dirigentes do partido, seria fidelizar nos próximos meses o eleitor bolsonarista, evitando uma eventual migração de apoio a siglas de centro, como PSDB e União Brasil, por exemplo.

    De acordo com relatos feitos à CNN, Michelle deve iniciar a sua agenda de viagens, a partir de maio, pelo Sul e Centro-Oeste, onde Bolsonaro venceu Lula em todas as unidades da federação.

    Em um segundo momento, o propósito seria priorizar as regiões que concentram os maiores colégios eleitorais: Sudeste e Nordeste. O roteiro tem sido montado com a ajuda de deputadas federais da legenda, que devem acompanhá-la.

    O objetivo da agenda de viagens é também manter a mobilização da militância bolsonarista e tentar ganhar tração para a disputa municipal de 2024.

    A sigla acredita na possibilidade de dobrar o número de prefeitos no rastro da popularidade do ex-presidente, que recebeu 58 milhões de votos no ano passado.

    Em 2020, o PL fez 345 prefeitos, ficando atrás de siglas como MDB, PSDB, PP e União Brasil, que disputam o mesmo espectro político do partido de Valdemar Costa Neto.