Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Sabemos que estão fazendo o possível”, dizem familiares de brasileiro sequestrado pelo Hamas

    Mary Shohat, irmã do engenheiro Michel Nisenbaum, relatou a dor da família na ausência do ente querido

    Local de ataque israelense em Khan Younis, no sul da Faixa de Gaza
    Local de ataque israelense em Khan Younis, no sul da Faixa de Gaza 1/12/2023 REUTERS/Fadi Shana

    Pedro Nogueirada CNN em Brasília

    Os familiares do brasileiro Michel Nisenbaum, que foi sequestrado durante o ataque do Hamas a Israel, participaram nesta segunda-feira (11) de sessão no Senado Federal em solidariedade às famílias das vítimas israelenses.

    Mary Shohat, irmã do engenheiro, e Hen Mahluf, filha, discursaram durante a sessão. Elas relataram a dor da família na ausência de Nisenbaum e descreveram os últimos contatos com ele antes do desaparecimento.

    Mary explicou a preocupação com a saúde de Michel, que tem diabetes e doença de Crohn. Hen explicou que, no momento, a família não tem nenhuma informação sobre Michel, mas mantém a expectativa de que eles esteja vivo.

    O Senador Jaques Wagner afirmou durante a sessão que o presidente Lula vai receber os familiares de Nisenbaum na tarde desta segunda.

    A irmã de Michel falou sobre a expectativa do encontro com Lula: “O que esperamos é o que pedimos para todo mundo nesse tour que estamos fazendo: ajuda para trazer todos os que estão raptados na Faixa de Gaza. Queremos agora, não ontem e anteontem.”

    Questionada sobre as atitudes do governo para colaborar com a busca, Mary afirmou: “Acho que todo mundo que a gente apelou fazem coisas. São coisas que nos não sabemos. Sabemos que estão fazendo o possível.” Michel Nisenbaum está desaparecido há 65 dias.