Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Se advogados tiverem acesso ao processo, eu vou falar”, diz Bolsonaro sobre depoimento à PF

    Ex-presidente foi intimado para esclarecer a suposta tentativa de golpe de Estado no país, revelada pela Operação Tempus Veritatis

    Lucas Schroederda CNN

    São Paulo

    O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou, nesta quarta-feira (21), que deve falar em depoimento à Polícia Federal (PF) na quinta-feira (22) caso sua defesa tenha acesso ao processo. A declaração foi feita em entrevista à Rádio CBN Recife.

    “Eu sigo as orientações dos advogados. Se eles tiverem acesso [ao processo] até amanhã, obviamente que eu vou falar”, disse Bolsonaro.

    O ex-mandatário é esperado na sede da PF em Brasília por volta das 14h30 de amanhã. Ele foi intimado para esclarecer a suposta tentativa de golpe de Estado no país, revelada pela Operação Tempus Veritatis, realizada no início do mês.

    A data escolhida incomodou apoiadores de Bolsonaro devido à proximidade com as manifestações que o ex-presidente convocou para domingo (25), na Avenida Paulista, em São Paulo.

    A defesa de Bolsonaro tentou por duas vezes adiar o depoimento do ex-presidente, mas o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou a possibilidade em ambas as ocasiões. Os advogados argumentam não terem tido acesso aos autos do processo.