Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Se as pessoas não querem votar, estão pensando que a política não tem resposta para elas”, diz Ciro

    Presidenciável pelo PDT disse que atual ‘modelo econômico’ é a causa da baixa adesão de jovens às eleições

    Ciro Gomes (PDT-CE), pré-candidato à Presidência da República
    Ciro Gomes (PDT-CE), pré-candidato à Presidência da República Reprodução/CNNBrasil/15.dez.2021

    Rachel Amorimda CNN

    No Rio de Janeiro

    Ouvir notícia

    O pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, afirmou, nesta terça-feira (29), que a tarefa dele é” produzir um cenário diferente que subverta esse modelo econômico que fez da corrupção, da ladroagem, da fisiologia, o centro organizacional da forma como os políticos se organizam”. A declaração foi dada durante evento que marcou a pré-candidatura do ex-prefeito de Niterói ao governo do Rio de Janeiro.

    Ciro emendou dizendo que a consequência desse ‘modelo econômico’ é “a menor quantidade de garotos jovens de 15 a 17 anos inscritos para votar na história do Brasil. Nós estamos começando a destruir a confiança na política e na democracia, que é a linguagem da política. Se as pessoas se desencantam e não querem mais votar é que elas já estão pensando que a política não tem a resposta para elas”.

    No evento, realizado nesta terça-feira (29) na sede da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no Centro do Rio, também estavam presentes diversas lideranças políticas como o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e o prefeito da capital fluminense, Eduardo Paes.

    Durante discurso, Paes disse que ainda é cedo para confirmar apoio a Ciro Gomes mas, em tom irreverente, citou que a relação entre os dois está avançando. “Estou num namoro total com Ciro Gomes. Estamos indo para o cinema, vou pagar a pipoca dele e depois a gente vai vendo como as coisas andam”.

    CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.

    Mais Recentes da CNN