Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Secretário da Segurança de SP diz que cumprirá decisão de Moraes e vai desfazer acampamentos em quartéis

    Estado tem 34 pontos ocupados por bolsonaristas, segundo o secretário estadual de Tarcísio de Freitas

    Matheus Meirellesda CNN

    O secretário estadual de Segurança Pública de São Paulo, Guilherme Derrite, afirmou nesta segunda-feira (9) que irá cumprir determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes para desfazer acampamentos bolsonaristas em frente aos quartéis.

    A declaração foi dada após reunião no Centro de Operações da Polícia Militar, nesta segunda, na capital paulista.

    O secretário destacou que tem 24 horas para cumprir a medida e que as operações serão filmadas.

    O objetivo da SSP é que os 34 acampamentos bolsonaristas se desfaçam sem a necessidade de uso da força. Para Derrite, o acampamento que mais gera preocupação é o formado em São Paulo, próximo ao Comando Militar do Sudeste.

    Foi instalado ainda no domingo (8) um Gabinete de Crise, visitado pelo governador Tarcísio de Freitas (Republicanos).

    Derrite, que foi apoiador de Jair Bolsonaro (PL) quando era deputado federal, o afirmou que os ataques aos prédios dos Três Poderes em Brasília não encontram similaridade com as manifestações em São Paulo, onde, segundo ele, há tranquilidade e cumprimento da Constituição.

    Segundo ele, há reforço de policiamento na Assembleia Legislativa de São Paulo e no Palácio dos Bandeirantes, sedes dos Poderes Legislativo e Executivo no estado, respectivamente.

    Derrite também afirmou que não há mais bloqueios nas principais rodovias que ligam a região metropolitana de São Paulo ao interior paulista.