Senadores e Fraga tentam emplacar ex-ministro de Sarney para o MEC

Hugo Napoleão já chefiou pasta

Governo busca titular para comandar Ministério da Educação
Governo busca titular para comandar Ministério da Educação Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Igor Gadelha e Larissa Rodrigues

Da CNN, em Brasília

Ouvir notícia

Um grupo de senadores do PSD e do PSDB e aliados próximos do presidente Jair Bolsonaro entraram na disputa com integrantes das alas militar e ideológica para tentar emplacar o ex-ministro Hugo Napoleão como novo titular do Ministério da Educação. 

A articulação conta com apoio de políticos como o líder do PSDB no Senado, Roberto Rocha (MA), e o ex-deputado federal Alberto Fraga (DEM-DF), amigo pessoal de Bolsonaro e que conhece o ex-ministro desde a época em que ambos eram filiados ao PFL.

Napoleão já foi ministro três vezes. No governo José Sarney, comandou as pastas da Educação e da Cultura. Na gestão Itamar Franco, esteve à frente do Ministério das Comunicações. Ele também já foi governador do Piauí, além de senador e deputado. 

Leia e assista também

Bolsonaro é aconselhado a não ter pressa para definir novo ministro da Educação

O Grande Debate: ‘Entra e sai’ no MEC revela falta de prioridade?

Bolsonaro diz que pode escolher novo ministro da Educação nesta quinta

O ex-ministro era filiado ao PFL, mas deixou o partido para ajudar o também ex-ministro Gilberto Kassab na fundação do PSD. Se escolhido para o MEC, seria o segundo ministro da sigla, que já tem Fábio Faria no Ministério das Comunicações. 

Filho de embaixador brasileiro de carreira, Napoleão nasceu nos Estados Unidos e tem 76 anos. Ele é formado em Direito pela PUC do Rio de Janeiro. Também é membro da Academia Piauiense de Letras.

Mais Recentes da CNN